Notícias


Para assinalar os 90 anos da criação do Liceu Nacional Salvador Correia de Luanda, a Associação dos Antigos Alunos do Liceu Salvador Correia - Portugal (AAALSC-P), em conjunto com as Editoras Pangeia e Chá de Caxinde, editou o livro Viva a Malta do Liceu! com o objectivo de evocar a sua criação, as actividades do grande número de jovens que por lá passaram – mais de 20.000 estudantes – os momentos mais marcantes da sua existência e também o particular espírito que inculcou e que a todos marcou.

Este estabelecimento de ensino ocupa um merecido lugar de honra na história do ensino em Angola, pois foi o alfobre de uma grande parte dos actuais quadros angolanos e também de uma vasta lista de personalidades de relevo na política, artes e ciências, em Portugal e pelo mundo. Como aliás salientou o historiador José Martins dos Santos em Cultura, Educação e Ensino em Angola (1974, Luanda), pelo seu pioneirismo e decisiva importância no desenvolvimento do ensino em Angola, «O Liceu Salvador Correia… foi um farol a rasgar as trevas da ignorância e uma esperança a brilhar no espírito das gerações jovens, artífices do seu futuro.»

Organizado por um colectivo que contou com a coordenação de Miguel Anacoreta Correia, a edição deste livro foi possível pelo apoio do Banco de Fomento de Angola (BFA), do Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento (IPAD), da Fundação Portugal - África (FPA) e da Cuca-BGI, cujos patrocínios honram sobremaneira esta iniciativa.

O livro, que percorre todos os 56 anos de existência do liceu (1919-1975), pretende ser o primeiro de uma série destinada a preservar a memória daquele espaço e dos que por lá passaram.

Certos de que será do vosso interesse acompanharem a sua apresentação em Portugal, convidamo-los a estarem presentes no próximo dia 31, pelas 18.30, no Museu da Água (Parque Dr. Manuel Braga), numa cerimónia que contará com a presença do Dr. Fernando Pereira (Karipande), ex-aluno e jornalista, que fará a apresentação.

O livro Viva a Malta do Liceu! será apresentado à mesma hora, no dia 7 de Novembro, no Auditório do INATEL no Porto (Rua do Bonjardim, 497), prevendo-se ainda uma sessão de apresentação na Casa de Angola, em Lisboa.

Autor: Os Editores - Rodrigues Vaz e Jacques dos Santos

 


Foi já assinado o contrato para a execução da 3.ª fase da Remodelação da Rede de Abastecimento de Água em várias zonas do concelho de Coimbra.

A empreitada tem como objectivo proceder à remodelação de condutas e ramais de abastecimento de água que apresentam um número de roturas significativo, e que têm uma idade para além do seu período de vida útil ou cujos materiais já se encontram desadequados.

Tendo a Águas de Coimbra atingido a meta dos 95% de taxa de cobertura de saneamento no concelho, os trabalhos a desenvolver na ampliação da rede de drenagem de águas residuais serão naturalmente mais reduzidos. A actuação da empresa será mais focada na reabilitação da rede pública de abastecimento de água, nas zonas em que as condutas estão deterioradas e apresentam roturas com frequência.

A obra que foi lançada corresponde à 3.ª fase de um ambicioso projecto de remodelação de condutas de água e beneficia nove freguesias da cidade de Coimbra. Foi também apresentado o projecto global, cuja execução se estende até 2013.


O Museu da Água de Coimbra celebra o Dia Nacional da Água, com a inauguração de uma instalação artística surpreendente, da autoria de João Calado.

Dive In promete ser uma experiência sensorial de encontro com a vibração da água no planeta e no nosso próprio corpo. Com esta instalação, o Museu da Água quer estimular o público para a reflexão, mas também para a emoção e o despertar dos sentidos, na consciencialização da importância vital da água.

O público vai ser convidado a submergir num universo subaquático, onde vai poder observar e sentir a essência da água no interior do ser humano, com a aplicação de terapias de vibração sonora. A dinâmica sensorial desta instalação pretende transmitir uma mensagem de valorização da água, como recurso valioso e cada vez mais escasso, mas também como componente incontornável do nosso organismo e da vida.


O Museu da Água de Coimbra tem a honra de apresentar uma notável colecção de trabalhos de Elizabeth Leite, um dos talentos mais promissores nas artes plásticas. A exposição de sua autoria foi inaugurada a 3 de Setembro, no Museu da Água.